Notícias

Assessoria de Imprensa FIERN

Indústria

20 de março de 2019 às 17h00

Governo instala câmara da indústria e destaca a FIERN

Ao instalar a Câmara Setorial da Indústria, a governadora Fátima Bezerra destacou que o Sistema FIERN desempenha um relevante papel, no qual se destaca o compromisso com os legítimos interesses voltados à defesa do desenvolvimento do Rio Grande do Norte. “A Federação das Indústrias tem sido uma entidade parceira dos projetos que vão levar ao crescimento do Estado”, acrescentou a governadora.

A Câmara da Indústria é a primeira oficialmente instalada no Estado. A intenção do governo é que funcionem uma série de fóruns nos quais serão discutidas políticas públicas e medidas para estimular o desenvolvimento da cada setor da economia potiguar. 

“Tenho certeza de que hoje, com essa instalação, o dia fica marcado pelo início de uma caminhada produtiva e profícua para a discussão do problemas, e possíveis soluções, que dizem respeito à indústria do Rio Grande do Norte”, destacou Amaro Sales de Araújo, presidente do Sistema FIERN.

Ele disse que a Câmara confirma uma disposição para o diálogo e vai ser um espaço para que as instituições representativas do setor e o governo discutam alternativas para superar as dificuldades do setor.

A Câmara Setorial foi instalada após dois meses de discussões iniciais para a definição do melhor formato para o funcionamento do colegiado.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, destacou que a a criação do Sistema de Câmaras Setoriais e Temáticas do RN é um importante passo para o aprofundamento do debate entre o poder público e privado, promovendo maior interação entre o empresariado e demais entidades comprometidas com o avanço econômico do Rio Grande do Norte.

A Câmara Setorial da Indústria é formada por lideranças do setor industrial, das entidades vinculadas ao governo e outras organizações com atuação na área, como instituições financeiras e universidades.

Entre as atividades da Câmara, destacam-se a identificação e análise dos gargalos impeditivos ao crescimento do setor, a elaboração de propostas prioritárias, a implantação e acompanhamento de projetos e a facilitação dos mecanismos de governança.

A Federação das Indústrias do RN (FIERN), a Associação Industrial e Comercial de Mossoró (ACIM), a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Caicó (ASISC) e a Associação das Empresas do Polo Industrial de Macaíba (ASPIM) são algumas das instituições que compõem a Câmara. O Sebrae, o Sinduscon/RN, o IFRN, a UFRN, UERN, FAPERN, AGN, Associação Seridoense de Confecções, Associação de Faccionistas do Seridó e o Banco do Nordeste também integram o colegiado.

“Com o lançamento das Câmaras, estamos sinalizando para o setor produtivo e a sociedade nosso empenho de trazer o diálogo empresarial para dentro do Governo”, disse o secretário Jaime Calado. “Vamos buscar juntos o melhor aproveitamento dos recursos e a geração de emprego e renda, com a garantia de investimentos seguros e benéficos a todos”, concluiu.

Câmaras Setoriais
As Câmaras Setoriais e Temáticas são órgãos colegiados consultivos e propositivos de apoio ao desenvolvimento dos setores e cadeias produtivas. Instauradas através de portaria, são fóruns permanentes de discussão entre os membros (agentes públicos e privados), que visam definir ações de interesse comum, através da atuação integrada dos diferentes segmentos produtivos. A principal atividade das câmaras setoriais é a discussão em plenário por seus membros sobre assuntos pertinentes à cadeia ou setor.

Vinculadas às Câmaras Setoriais, poderão ser criadas Câmaras Temáticas para deliberar questões específicas de cada segmento dentro do setor. Para a resolução de problemáticas e assuntos técnicos, os membros da Câmara podem ainda lançar mão de Grupos de Trabalho, que irão atuar dentro de um prazo preestabelecido e com metas objetivas.

 

Fonte: Agência de Notícias da FIERN

 

Revista Negócios

TV NEGÓCIOS

Fórum Negócios